Tipos de chá
Tipos de chá

Tipos de chá

Você sabia que existem diversas variações de chá? E que todas elas derivam de uma única planta?

Todas essas variedades vêm exclusivamente da Camellia sinensis, e só podem ser consideradas chás as bebidas originárias dela. 

Em sua colheita manual de broto e primeiras folhas, o que diferencia o chá verde, chá branco, chá preto, oolong, e puehr  é a maneira em que são processados, entregando aromas e sabores singulares.  

Chá Branco: 

Delicadeza, simplicidade e doçura são algumas das características encontradas nessa afável bebida milenar. Seu processo singular começa na colheita do broto e primeira folha, chamada também de silver needle (agulha prateada em inglês) por possuir uma penugem de coloração prateada, originando o nome do chá.

Após sua colheita ele passa por uma desidratação total que ao cabo de 24 horas é finalizada sendo então embalado com cuidado longe de qualquer interferência externa. 

Chá Verde:

Pense num tabuleiro de xadrez onde cada peça tem sua finalidade, o chá verde é o cavalo. Versátil e imponente, ele possibilita diversas combinações e é muito conhecido por suas propriedades estimulantes. 

Diferentemente do chá branco, ele sofre uma desidratação rápida que acontece entre seu traslado da plantação e o armazém, logo após ele passa por um processo de fixação que consiste em um mini cozimento à 70º de 30s à 2min, o que impede a oxidação da folha.

Em sua última etapa o chá é por fim enrolado e então desidratado totalmente, pronto para ser embalado com cuidado longe de qualquer interferência externa. 

Chá Preto:

Marcante e elegante, o chá preto é inegavelmente dentre os filhos da Camellia sinensis o de maior presença e corpo. Diferentemente dos outros, o chá preto passa por uma desidratação parcial, onde as folhas são estocadas em máquinas por cerca de 8h, e quanto mais tempo na máquina, mais aromático o chá fica. 

Então ele passa pelo processo do enrolado¹, que é a quebra da parede da folha, e é onde começa o seu processo de oxidação total até estar pronto para ser embalado com cuidado longe de qualquer interferência externa. 

enrolado¹: esse processo consiste em enrolar, achatar ou amassar a folha. Inicialmente era feito manualmente, mas atualmente é feito em máquinas que giram a erva dando um formato de fava.

Oolong:

Degustar o oolong é verdadeiramente testemunhar um florescer. Sua oxidação pode variar entre 20% e 80% o que causa uma variação na coloração do liquor: que pode ir do amarelado até um tom avermelhado. 

Em sua elaboração as folhas são depositadas em cestas de bambu giratórias que fazem pequenos cortes nas folhas, iniciando-se assim seu processo de oxidação. Finalmente ele passa pelo processo do enrolado¹ de 30 a 60 vezes resultando em pequenas favas, então é desidratado totalmente pronto para ser embalado com cuidado longe de qualquer interferência externa.

Puehr:

Assim como o champagne, que só pode ser chamado assim se for da região de Champagne na França, o Puehr é o único chá que é fermentado e só pode então ser assim chamado se for de uma região específica: a província de Yunnan na China.

Ele é conhecido também por suas propriedades antioxidantes, afrodisíacas e estimulantes que auxiliam na desintoxicação do organismo, evitando a retenção de líquidos. 

Descubra como transformar sua rotina em um ritual. Enjoy your momentea. 🍵

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.